Como licenciar usuários em massa no Microsoft Office 365

Shape Image One
Como licenciar usuários em massa no Microsoft Office 365

Aprenda neste artigo Como licenciar usuários em massa no Microsoft Office 365. Olá administradores de Office 365! Douglas Oliveira por aqui!! Nos últimos dias tenho me deparado com algumas dificuldades que os administradores de Office 365 vêm passando. E uma delas é a falta de ferramentas para gerenciar atribuição de licenças de usuários no Tenant do Office 365. Recentemente em projeto de migração de Exchange 2007 para o Exchange Online precisei realizar o licenciamento de pouco mais de 1.600 usuários no Tenant do cliente. Para boa parte desses usuários, foram atribuídas licenças E3 e outra parte licenças E1. Totalmente inviável licenciar essa quantidade de usuários na mão. Mas como realizar o licenciamento de usuários em massa?

Simples, utilizando o poderoso PowerShell. Utilizei um script desenvolvido por Brent Challis e Ed Wilson. Esse script permite o administrador conectar-se ao Tenant do Office 365, obter as licenças disponíveis do Tenant, e com as informações de licenciamento, a função Select-TextItem, confeccionada por Brent Challis, cria um menu dinâmico para o administrador realizar o licenciamento em massa.

Agora vamos à passa ao passo de como licenciar usuários em massa no Office 365:

Como licenciar usuários em massa no Microsoft Office 365

Ao executar o script, será solicitado o login de Global Admin e password:

COMO LICENCIAR USUÁRIOS EM MASSA NO TENANT DO OFFICE 365 01

Após o processo de autenticação no Tenant do O365, será apresentada a opção de fazer a atribuição de licenciamento para um usuário ou para vários usuários. Claro que vamos utilizar a opção de atribuição de licença para vários usuários, pois nosso objetivo é licenciar 1600 usuários.

Ao clicar em “BULK” o script vai solicitar um arquivo CSV. Obrigatoriamente precisamos de um arquivo CSV com todos os usuários que serão licenciados.

Exemplo do arquivo CSV:

UserPrincipalName
usuario1@contoso.com
usuario2@contoso.com
usuario3@contoso.com
usuario4@contoso.com

Após selecionar nosso arquivo CSV com os usuários que devem ser licenciados, o script nos pergunta se o caminho do arquivo está correto:

No próximo passo precisamos informar o tipo de licença que vamos aplicar para esses usuários do nosso CSV. Para cada tipo de licenciamento que vamos aplicar, (E1 ou E3) precisamos separar os usuários em CSVs diferentes.

No próximo passo o script nos pergunta se queremos desabilitar algum serviço do plano de licenciamento. Por exemplo, se eu quiser licenciar apenas para uso do Exchange Online e desabilitar o SharePoint e Teams. Caso não queira desabilitar nenhum recurso do licenciamento clique em “No”. Como demonstração vamos supor que queremos desabilitar o SWAY.

Informo qual recurso quero desabilitar. Após informar que vamos desabilitar “6: SWAY”, o script pergunta se quero desabilitar outro recurso.

Agora vamos desabilitar o INTUNE. Quando não quero desabilitar mais nenhum outro recurso do licenciamento para esses usuários, clicamos em “No”

Na próxima tela o script nos pergunta se desejamos atribuir outro tipo de licenciamento para esses usuários. No nosso cenário os usuários terão somente um tipo de licença. Então clicaremos em “NO”

O script pergunta se a confirmação dessa atribuição esta correta:

Em seguida vamos informar o código do nosso país que quero registrar esses usuários: BR

Agora o script pergunta se precisamos atribuir esse mesmo licenciamento a outros usuários? Vamos clicar em “NO”!!

Vamos no Tenant do cliente para ir verificando se esses usuários estão licenciados.

E assim galera, concluímos o licenciamento em massa de nossos usuários no Office365.


.

Douglas Oliveira

Aluno Douglas Oliveira

IT Consulting in Productivity, Cloud Platform and Infrastructure
MS365, MS365, MCSE, MCSA, MCP