Internet das coisas. O que é e por onde começar?

Shape Image One
Internet das coisas. O que é e por onde começar?

No Nerd Talk Show de hoje tivemos a presença do Jorge Maia, Especialista em IoT, falando sobre o tema: Internet das coisas. O que é e por onde começar?
 

O que é o Azure IoT (Internet das Coisas)?

O Azure IoT (Internet das Coisas) é uma coleção de serviços de nuvem gerenciados pela Microsoft que conectam, monitoram e controlam bilhões de ativos de IoT. Simplificando, uma solução de IoT é composta por um ou mais dispositivos IoT que se comunicam com um ou mais serviços de back-end hospedados na nuvem.

Dispositivos IoT

Normalmente, um dispositivo IoT é composto por uma placa de circuito com sensores anexados que usam o Wi-Fi para se conectar à Internet. Por exemplo:

  • Um sensor de pressão em uma bomba de óleo remota.
  • Sensores de temperatura e umidade em uma unidade de ar-condicionado.
  • Um acelerômetro em um elevador.
  • Sensores de presença em uma sala.

Comunicação

Normalmente, os dispositivos IoT enviam a telemetria dos sensores para serviços de back-end na nuvem. No entanto, outros tipos de comunicação são possíveis, como um serviço de back-end que envia comandos para os seus dispositivos. Estes são alguns exemplos de comunicação de dispositivo para nuvem e de nuvem para dispositivo:

  • Um caminhão de refrigeração móvel envia a temperatura a cada 5 minutos para um Hub IoT.
  • O serviço de back-end envia um comando a um dispositivo a fim de alterar a frequência em que ele envia a telemetria para ajudar a diagnosticar um problema.
  • Um dispositivo envia alertas com base nos valores obtidos nos sensores. Por exemplo, um dispositivo que monitora um reator de lotes em uma usina química envia um alerta quando a temperatura excede determinado valor.
  • Seu dispositivo envia as informações a serem exibidas em um painel para visualização de operadores humanos. Por exemplo, uma sala de controle de uma refinaria poderá mostrar a temperatura, a pressão e os volumes de fluxo em cada cano, permitindo que os operadores monitorem a instalação.

Os SDKs do dispositivo IoT e o Hub IoT dão suporte a protocolos de comunicação comuns, como HTTP, MQTT e AMQP.
Os dispositivos IoT têm características diferentes quando comparados a outros clientes, como navegadores e aplicativos móveis. Os SDKs do dispositivo ajudam você a resolver os desafios de conectar dispositivos de maneira segura e confiável ao serviço de back-end. Especificamente, os dispositivos IoT:

  • Frequentemente são sistemas internos sem operadores humanos (diferente de um telefone).
  • Eles podem ser implantados em locais remotos, nos quais o acesso físico é caro.
  • Só podem ser acessados por meio do back-end da solução.
  • Podem ter recursos de energia e de processamento limitados.
  • Podem ter conectividade de rede intermitente, lenta ou cara.
  • Talvez precisem de protocolos de aplicativo proprietários, personalizados ou específicos do setor.

 

Quer tornar-se um especialista em produtos Microsoft?

Tenha acesso a vários cursos em uma única plataforma pagando apenas R$ 9,90 por mês.
Conheça o nosso Microsoft Club clicando aqui.