fbpx

Todas as certificações de Microsoft Azure

Shape Image One
Todas as certificações de Microsoft Azure

Salve galera! Wellington Agápto por aqui. Hoje eu trouxe o artigo: Todas as certificações de Microsoft Azure. Espero que seja útil, um grande abraço e até a próxima. 

 

Todas as certificações de Microsoft Azure

Todas as certificações de Microsoft Azure

 

Certificações de Microsoft Azure de nível Specialty

Todas as certificações de Microsoft Azure

Lista de certificações de Microsoft Azure 3

 

Certificações de Microsoft Azure de Nível Fundamentals

Lista de certificações de Microsoft Azure 4

 

Certificações de Microsoft Azure de Nível Security

Certificações de Microsoft Azure de Nível Fundamentals

 

Quais eu recomendo para início?

Uma das dúvidas mais comuns que eu recebo é sobre qual ordem seguir e por onde começar. Por ordem de dificuldade e mais pedidas pelas consultorias eu recomendo as seguintes certificações:

 

1. AZ-900: Microsoft Azure fundamentals

Indicada para quem quer iniciar uma carreira em computação em nuvem e nunca fez nenhuma prova Microsoft. Ela ajuda o profissional a entender os fundamentos do Azure.

 

2. AZ-104: Microsoft Azure Administrator

Indicada para quem já tem os fundamentos e deseja tornar-se um administrador de Microsoft Azure.

 

3. AZ-500: Azure Security Engineer Associate

Indicada para quem deseja implementar o Microsoft Azure com segurança e boas práticas.

 

Está com dúvida sobre qual carreira seguir?

Entre em contato conosco via WhatsApp clicando AQUI e receba orientações gratuitas sobre qual o melhor caminho para a sua carreira.

 

Já conhece o nosso Acesso Black?

Tenha acesso a todos os cursos da nossa plataforma por um valor ultra especial.
Saiba mais sobre o ACESSO BLACK clicando AQUI.

 

Já conhece o nosso Podcast?

Gostaram do artigo Todas as certificações de Microsoft Azure? Então conheça também o nosso Podcast – Formata meu PC?

 

O quê é o Microsoft Azure?

Os Serviços de Nuvem do Azure são um exemplo de uma PaaS (Plataforma como Serviço). Como o Serviço de Aplicativo do Azure, essa tecnologia foi desenvolvida para dar suporte aos aplicativos escalonáveis, confiáveis e baratos de operar. Da mesma forma que o Serviço de Aplicativo é hospedado em máquinas virtuais (VMs), os Serviços de Nuvem do Azure também são. No entanto, você tem mais controle sobre as VMs. Você pode instalar seu próprio software em VMs que usam os Serviços de Nuvem do Azure acessá-las remotamente.

Com os Serviços de Nuvem do Azure, você não cria máquinas virtuais. Em vez disso, fornece um arquivo de configuração que informa ao Azure quantas delas você deseja, como “três instâncias da função Web” e “duas instâncias da função de trabalho.” A plataforma, então, as criará para você. Você ainda escolhe o tamanho que as VMs devem ter, mas não as cria explicitamente. Se o aplicativo precisa manipular uma carga de trabalho maior, é possível solicitar mais VMs e o Azure cria essas instâncias. Se a carga diminuir, essas instâncias poderão ser desligadas e parar de pagar por elas.

Um aplicativo dos Serviços de Nuvem do Azure geralmente é disponibilizado aos usuários por um processo de duas etapas. Primeiro, o desenvolvedor carrega o aplicativo na área de preparo da plataforma. Quando o desenvolvedor estiver pronto para ativar o aplicativo, ele usará o Portal do Azure para trocar o preparo pela produção. Essa troca entre o preparo e a produção pode ser feita sem tempo de inatividade, o que permite que um aplicativo em execução seja atualizado para uma nova versão sem perturbar seus usuários.