Use o módulo Exchange Online PowerShell V2

Shape Image One


Aqui vamos aprender como conectar ao Exchange Online PowerShell usando autenticação moderna:
Se você trabalha com Microsoft 365, é um consultor de Office 365 ou administra ambientes cloud com certeza você é um cara que precisa manter-se atualizado. Certamente já sabe que a Microsoft vai descontinuar a autenticação básica no EXO. E isso tem uma data limite, que é até 31 de outubro de 2020. Como administrador do Microsoft 365, principalmente tratando-se de Exchange Online, sempre dependemos do poderoso PowerShell para gerenciar ambientes de Office 365.
Veja algumas vantagem do uso do Exchange PowerShell V2 Module:

  • Fácil instalação do módulo EXO V2;
  • Apenas o Cmdlet ‘Connect- ExchangeOnline’ é suficiente para conectar-se ao Exchange Online seja com MFA estando habilitado ou não;
  • Cmdlets EXO V2 são baseados em API REST e por isso são mais rápidos e confiáveis;
  • Novos Cmdlets, como por exemplo Get- EXOMailbox , Get- EXOMailboxStatistics , que são otimizados para recuperação de dados em massa;
  • Os Cmdlets legados, como Get-Mailbox, Get- MailboxStatistics, Get- MailboxFolderPermission, ainda estão disponíveis no módulo EXO V2 por questões de compatibilidade com versões anteriores;
  • É possível gerar arquivos de logs localmente;
  • Você não pode usar a autenticação básica no módulo EXO V2, no entanto você ainda precisa definir a configuração de autenticação básica no WinRM.

O Gerenciamento Remoto do Windows (WinRM) no seu computador precisa permitir a autenticação Básica (que normalmente é ativada por padrão).
Vamos para parte prática:
Para verificar se a autenticação básica está ativada:
winrm get winrm/config/client/auth

Se você não ver o valor “Basic = true”, conforme a imagem acima, provavelmente você verá um erro conforme segue:

Neste caso, é necessário executar este comando para ativar a autenticação básica para o WinRM:
winrm set winrm/config/client/auth @{Basic=”true”}
Ou você também pode executar o Cmdlet “winrm quickconfig” e depois “y”

Instale o Módulo PowerShell V2 do Exchange Online:
Inicie o Windows PowerShell como administrador
Instale o módulo PowerShellGet:
Install-Module PowershellGet -Force

Caso já tenha o módulo instalado, você pode fazer update.
Atualize sua versão existente do módulo PowerShellGet:
Update-Module PowershellGet

Instale o ExchangeOnlineManagement:
Install-Module -Name ExchangeOnlineManagement
Para ver a versão do módulo EXO V2 atualmente instalada:
Import-Module ExchangeOnlineManagement; Get-Module ExchangeOnlineManagement
Para desinstalar o módulo EXO V2:
Uninstall-Module -Name ExchangeOnlineManagement
Após instalar o módulo PowerShellGet , feche o PowerShell e abra-o novamente com privilégio de administrador.
OBS: Após a instalação bem-sucedida do módulo ExchangeOnlineManagement, os cmdlets EXO V2 são importados para a sessão do Windows PowerShell. Você poderá ver apenas novos Cmdlets no módulo. Depois de criar novamente a sessão no ambiente do Exchange Online, você poderá ver os Cmdlets remotos mais antigos do PowerShell.
Conecte-se ao Exchange Online PowerShell com autenticação moderna:
Para conectar o Exchange Online PowerShell você pode usar Cmdlets Connect- ExchangeOnline para contas com MFA habilita e para contas com MFA não habilitado
Aqui estou usando uma conta sem o MFA habilitado.
Execute o Cmdlet:
Connect-ExchangeOnline
ou caso queira gerar arquivos de log,
Execute o Cmdlets:
Connect-ExchangeOnline -EnableErrorReporting -LogDirectoryPath C:\Temp -LogLevel All

Veja que foi criado os arquivos de log:

Para verificar a conectividade, você pode executar Get- EXOMailbox e ver os resultados.

Cmdlets do EXO V2 e seus Cmdlets legados equivalentes:
Os Cmdlets do EXO V2 baseados em API REST que são mais rápidos e confiáveis ​​quando comparados aos Cmdlets mais antigos do Exchange Online. O módulo EXO V2 suporta Cmdlets mais antigos por questões de compatibilidade com versões anteriores:

A Microsoft também planeja atualizar os Cmdlets restantes. Em breve, podemos utilizar mais Cmdlets do PowerShell baseados em REST do Exchange Online.
Bom, até o próximo artigo espero que tenha ajudado. Abraços!!!!
Douglas Oliveira
IT Consulting in Productivity, Cloud Platform and Infrastructure
MS365, MS365, MCSE, MCSA, MCP